Identidade Visual

O NOME E O SÍMBOLO

Em 15 de Julho de 2006, antes mesmo de adquirir o local onde seria construído o terreiro, num momento descontraído e alheio a qualquer concentração voltada para este fim, a dirigente Flávia Barrosrecebeu a intuição do nome do nosso “Chão Sagrado”, durante a realização de suas tarefas domésticas, em sua residência. O terreiro se chamariaTemplo Estrela do Oriente e seria representado pelo símbolo principal (rascunho original) acima que, posteriormente acrescentado a outros elementos e coresintuídos pela espiritualidade, daria origem à logomarca do TEO como é hoje.

A Explicação dos Elementos do Desenho

“Que vossas mentes irrequietas e vossos corpos ansiosos possam vos fazer dignos, não só de adentrarem neste ambiente sagrado, mas sobretudo, de mantê-lo adequado e digno do trabalho grandioso que aqui se faz.”
Flávia Barros e Luis Fernando Barros
Dirigentes Espirituais